Dezoito rosas para você

| domingo, 17 de outubro de 2010 | |
Se eu pudesse te dar um presente, nesse seu dia
Eu te daria dezoito rosas brancas
Cada uma significando os Invernos que você sobreviveu
Nos corações dos que te amam
Eu as pintaria com o meu sangue
Dezoito gotas para dezoito Primaveras
Eu as enterraria na Terra do Nunca
Para que o Outono nunca as fizessem crescer e perder as folhas
Lembrando sempre de regá-las com as minhas lágrimas
Então não precisa sofrer, nem chorar, eu farei isso por você
Porque esse é o seu dia, o seu mundo
E eu pertenço a você, apenas a você

E quando você ver uma rosa vermelha
Lembre sempre que ela é um presente meu para você
E que eu sempre estarei ao seu lado
Mesmo você não sabendo quem sou
E nesses versos eu trago o seu presente
Dezoito rosas para você
Mesmo elas nunca sentindo o sabor de suas mãos
E a leitura de seus olhos.

0 comentários:

Postar um comentário