Por dentro

| segunda-feira, 13 de dezembro de 2010 | |


 Meus olhos guardam duas lágrimas
Separadas por pensamentos confusos
Perdidas entre os medos de uma criança
Refletidas por um espelho interno
Vistas pelas fendas de uma realidade externa
Elas caem dentro de mim
Escorrem pela minha alma
Assombram a minha sombra
E meu peito tem um coração apertado
Sem respostas.

1 comentários:

W. G. Lacerda Says:
14 de dezembro de 2010 14:05

Olá, gostei do seu blog, tô seguindo aqui
Depois passa no meu e vê se gosta :
http://wglacerda.blogspot.com/

Postar um comentário