Não posso

| quinta-feira, 2 de dezembro de 2010 | |












Como posso viver
Se eu perdi todos os dias de um ano?

Como posso sonhar
Se eu acordei todos os sonhos de uma noite?

Como posso sorrir
Se eu matei todas as chances de me alegrar?

Como posso saber
Se nem ao menos eu tentei ser o melhor em meu fracasso?

Eu não posso caminhar
Os passos que já usei não servem para caminhos desconhecidos
E a escuridão se tornou meu próprio passado

Eu não posso amar
Um coração é pedido para isso
E há muito tempo o meu foi parado pelo medo.

0 comentários:

Postar um comentário