Solidão e desprezo

| quarta-feira, 23 de março de 2011 | |
 
Meus sonhos estão sujos de solidão e desprezo
E ninguém consegue ver isso
Porque ninguém sabe como é viver a noite e morrer de dia
Porque ninguém sabe como é respirar como eu respiro
Sofrer como eu sofro
Amar como eu amo
E te ver como eu te vejo.

0 comentários:

Postar um comentário