Lembranças, Histórias e Belezas

| terça-feira, 9 de novembro de 2010 | |
Lembranças de você respiram dentro de mim
Elas brincam com a minha mente sem se importar em me iludir
Onde estão as estrelas agora?
Nos seus olhos sorrindo para alguém
Alguém que não tem a minha alma, sequer o meu azar
Rindo ao ouvir a sua presença
Depois de todos os caminhos que escrevi
O que nunca ouvi foi o som de sua voz

Histórias de você são criadas dentro de mim
Imaginadas sem nenhuma força pelos meus sonhos
Levadas por um amanhecer que ainda te traz a mim
Leve como a brisa que nasce das asas de uma borboleta
E caminhando eu podia não estar sozinho
Naqueles dias andávamos juntos e você nunca soube disso

Belezas de você são desenhadas dentro de mim
E coloridas pelas mãos de sua perfeição
Todas elas são sombras incertas de você
Todas elas são fantasmas para te ter ao meu lado
Algumas são vistas perto de seu coração
Na mais bela maneira de tornar o mundo bonito
Invernos imitam a inocência de sua pele
Noites rezam para ter a escuridão de seus olhos.

0 comentários:

Postar um comentário