Não lugar

| segunda-feira, 2 de maio de 2011 | |
       Eu sinto como se minhas pernas de nada servissem; que todas as direções que me fizeram chegar até aqui foram percorridas apenas por vontades cegas, que nem ao menos sei se foram minhas. E esse não lugar que conquistei com nenhum esforço pertence somente a mim, o único a quem o vazio se cria. Apoiando minhas costas cansadas de um verbo não conjugado em paredes de solidão, percebo que elas não se apoiam em mim. Pesado o amor que a noite me tem e eu caio em um nada que nunca toquei. No céu uma inocência brilha com uma luz tão escura quanto uma fé quebrada em olhos abertos. Em volta de mim, as árvores sem folhas terão frutos brancos ou pretos, minha cesta vazia deles me alimentará até a chegada da morte e assim eu sobreviverei até lá. As pedras que foram plantadas nas concretas nuvens sobre os meus pés assopram ventos não tão quentes quanto as voltas que o rélogio caminha dentro de mim. Os rios que nunca chorei em mim se desaguam e eu respiro em uma eternidade desenhada no fim, mas que não o vejo. Então o procuro na ponta das minhas dores, encontro apenas razões que me fazem real o bastante para querer adormecer. O branco dos calendários escorre para o teto e eles voam para uma queda sem companheiros. Cada dia que em mim se despedi deixando menos ecos dos gritos esquecidos por presenças conhecidas. O som da ausência é vivo como o ar das estrelas que passaram por aqui há tanto tempo, mas que agora não posso juntá-las, nem colá-las no não existir. As coisas estão morando no ontem e não há para onde cair, porque nele eu nunca construi esconderijos.

1 comentários:

moreirah Says:
5 de maio de 2011 04:34

E o pior é quando vc está nesse "não-lugar" e olha pra trás. É complicado explicar a sensação mas dá pra dizer que a impotência reina frente à consciencia de nada poder ter feito. Quando se percebe já está ali, colocado por alguem. Vc vive, não se importa a principio, mas depois dá conta forma com a qual as coisas estão a caminhar.... é simplesmente difícil. A impotencia aumenta quando vc tambem "se toca" que esse "não-lugar", felizmente ou infelizmente é seu e entao nao se sabe muito bem o que fazer com ele. Parabéns pelo blog. Não passo o link do meu porque depois de 2 anos parado ele está em modo de edição off-line. assim que eu terminar publico para todas as pessoas que sigo. Abraço

Postar um comentário